domingo, 18 de outubro de 2015

A sensação de incapacidade chega a níveis alarmantes. Parece que não há NADA que se possa fazer, além de jurar com todo coração todos meus sentimentos e todo meu comprometimento com o que deve ser alterado.
Parece que tiraram o chão, sumiu, tô em queda livre e o tombo vai ser tão grande, mas tão grande que não consigo nem imaginar o estrago.
Eu tenho certeza, certeza absoluta do que eu quero e do que eu sinto, e por isso mesmo pela primeira vez na minha vida, eu não tenho um plano B. Talvez seja hora de começar a pensar? Não quero pensar.
Hoje quando acordei com a cara inchada e o sentimento de fracasso no peito, tentei não lembrar das noites anteriores, mas é impossível. As últimas noites tem sido as piores da minha vida, não acho que isso vá se apagar de repente.
Eu não sei o que está por vir, só sei que nunca estive tão despreparada.

Nenhum comentário: