sexta-feira, 20 de julho de 2012

Não sei nem como explicar, é uma mistura de sentimentos, um turbilhão deles. Ao mesmo tempo em que me sinto segura e estável em um fator, em outros as coisas não vão lá muito bem, como sempre foram. Eu penso.

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Eu sei como as pessoas se sentem quando dizem que encontraram alguém que soma a elas, não as completa, já somos completos. Soma. Dá e recebe algo a mais do que normalmente se tem. Eu sei como é bom dormir e acordar ao lado de alguém que me ama e que eu também amo. Sei como é sentir-me segura e protegida ao seu lado, apesar de não precisar de toda essa proteção, é bom sentir. É bom sentir no outro a a cumplicidade de ambições, de desejos. Poder dividir tuas coisas com alguém que te entende, por que quer  quase as mesmas coisas, é maravilhoso. Eu realmente não espero que alguém possa me compreender melhor, alguém que conhece meu lado do mal, meu ladinho meio perversa e mesmo assim fecha os olhos e dorme tranquilo tendo a certeza que vai acordar vivo, é toda confiança de que preciso.(haha) Sei lidar com teus temores noturnos e minha paciência de monge vai além de toda a paciência que você já sonhou em ter pra ti, pode admitir.
Eu sei como é sentir-se feliz ao lado de alguém. Eu sei, e só precisava dizer.