quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Eu esqueci teu aniversário, e me sinto uma idiota por isso. Mas me sinto ainda mais idiota por estar aqui tentando me desculpar. E pra completar, descubro isso no exato momento em que tu me manda uma mensagem dizendo que sente saudades. Porra! Tu sabe, eu não preciso dizer, esquecer isso não quer dizer nada,  quer dizer que esqueci uma data, só isso. O que eu sei, e não posso me desculpar por isso, é que esquecendo o teu, acabei esquecendo meu segundo aniversário, erbã. =\
Quanto drama, me perdoe por ele, o drama. E também pelo esquecimento.
Tu sabe o que significa pra mim, tu sabe que foi e é peça importante para eu ter me tornado o que sou hoje, graças as nossas brigas, discussões sem fim que me fizeram rever conceitos e pensamentos, graças a todas as vezes em que tu simplesmente me abraçou e disse que me entendia e que me amaria mesmo assim. Tu sabe que tu foi um teste de paciência pra mim e eu fui um de perseverança pra ti, e que no decorrer da vida nada saiu como queríamos, mas com certeza saiu do melhor jeito que poderia. Tu sabe que és uma das únicas pessoas capazes de me fazer chorar feito uma criança, a gente se entende, a gente se conhece como mais ninguém vai fazer. Eu queria ser capaz de passar em palavras a nossa cumplicidade, nossa relação cheia de altos e baixos, queria mesmo. Queria te ter por perto como antes, queria te ver todo fim de tarde e conversar contigo até o frio ser insuportável para ficarmos ali. Queria dizer que te amo e que sinto saudades.
Eu te amo, erbã.
Muitos são incapazes de superar certos acontecimentos do passado, mesmo que possam abstrai-los. Abstrair não é esquecer, muito menos superar. Cada um vive com seu passado andando um passo atrás de si, um passo atrás. Permitir que ele ande ao seu lado ou até mesmo o ultrapasse, além de ser teimosia e burrice é incapacidade. Todo mundo aqui já quis voltar no tempo pra fazer algo diferente, mas nada que um dia se quebrou volta a sua forma original, nada. Liberte-se, pare de viver de lembranças e de restos. Um passo a frente, por favor.

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Um bloquei gigante, o maior que já tive. Começo a entender os motivos deste bloqueio e aos poucos os resolverei. Tá tudo errado.